segunda-feira, 20 de abril de 2009

Que diabos leva as pessoas a simular ser o que não são?
Não consigo compreender o motivo que leva alguém a fazer ou deixar de fazer algo graças ao que podem ou não pensar e comentar sobre.
Dá pra ficar feliz após perceber que a tentativa de parecer feliz foi realizada com sucesso?
Vive-se para os outros e não com os outros.
Não defendo que ajam de forma egoísta e individualista, mas que antes de querer agradar os outros ou simplismente fazer o que esperam que seja feito, pense-se em até que ponto isso é benéfico e que pode se tornar desagradável o fato de ser somente mais um em meio a multidão, que anda seguindo a boiada, que se porta mediande os padrões pré-definidos pelo mundo das aparências.
Defendo as particularidades de cada ser, que não se perca as característas que nos fazem únicos e reconhecíveis por cada boa ou má qualidade.
Sejamos verdadeiros ! Obedeçamos ao que não se pode negar: a nós mesmos !!!
Nessas horas eu entendo a tão citada frase de Gonzaguinha: "VIVER E NÃO TER A VERGONHA DE SER FELIIIIZ".


Abraços aos meus amigos que tem a paciencia de ler e a cara de pau de elogiar.

2 comentários:

Night_Oni =D disse...

Você como sempre está fazendo os pensamentos mais ocultos e comuns de todos os seres humanos deste planeta ser um Outdoor dos grandes, mas a grande diferença é que você não está compartilhando o mesmo pensamento, mas está julgando todas as pessoas superficiais, dando uma grande sacudida no crânio delas ( só que com palavras) o que significa muito, pois verdadeiras pessoas, ou melhor, verdadeiros seres, pensam desta forma: Ensinar com compreensão e não com agressão. ( e cá entre nós, esse povinho merece muita porrada) 

Báah - Thoughtless disse...

É aquilo que Nietzsche fala, somos ovelhas em um rebanho. Poucos terão a coragem de tornarem-se pastores.