sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Quando eu não queria ser eu

Olhei cartas antigas que não estavam guardadas, estavam mesmo escondidas... Encontrei-as semi-amassadas numa caixa rosa de sapatos, lembro-me que fora de um calçado que eu gostava muito de usar, que ficava na parte menos acessada do meu fundo guarda-roupa.
Cartinhas de amigas, com fotos, frases prontas, poeminhas, desenhos, corações de hidrocor, promessas não cumpridas, confissões infantis, um horror.
Fofocas, ciúmes, invejas... Um dia eu quis ser como uma dessas meninas, a que eu achava mais linda, a dona das Barbies mais novas e da atenção das professoras e dos meninos. Nunca mais a vi. Dizem que namorou um dos rapazes mais desejados do bairro, mas ele a traiu - confesso que essa notícia me divertiu por dentro - e ela está gorda, infeliz, não tem sucesso nos estudos e não se dá bem com sua família. Não, hoje eu não queria ser como ela.
Foi bom ter sido a única que não tinha a sandália da Xuxa, a única que não via Chiquititas e que só tinha atenção dos meninos na hora das piadas mais sacanas ou sobre pum.
Assustei-me no dia que alguém disse gostar de mim, de verdade assim, como eu sou.
Aquelas cartinhas e bilhetes se foram, restam apenas as da amiga que também era patinho feio. Estamos próximas de um futuro já certo, acredito eu no sucesso e na saudade que não ficou.

3 comentários:

Polli disse...

A Pobre menina rica que a sorte não visitou.
E você?

Você ri da sorte.

Campista selvagem disse...

A vida prega destas partidas, o presente não condiz com o futuro,com toda a serteza não foste a unica a passar por isto, muitos mais sofreram na pele estes dilemas.
por estas e por outras é que eu digo sempre o melhor é aproveitar o dia de hoje, pode não haver amanhã.

Izabella Viana disse...

"...na hora das piadas mais sacanas ou sobre pum." Como eu ri disso, meu Deus... e como eu me identifiquei com essa parte.
E realmente, nossa mente muda com o passar do tempo. Coisas que nos interessavam ontem talvez não nos interesse hoje. Então é só viver intensamente cada uma de nossas fases e (tentar) ser feliz =)